quinta-feira, 16 de abril de 2009

Quase milagre !

Parido num parto difícil
progênie negra, nativa, européia
duvidosa
vasta prole o seu bando
cresceu pelos campos
a correr do sarampo
e da peste que aleija meninos

Quase milagre I

Desgraçado!
mil vezes desgraçado.

a vida lhe deu tréguas curtas demais
para descansar
longas batalhas
longas demais
para vencer

Quase milagre

Desgraçado !
Teu fardo é chumbo

Teu caminho é pedra
Horizonte é chuva

Não há planícies só montanhas
Não há descanso só jornada
E ainda vives !

Quase milagre

Nenhum comentário:

Postar um comentário